Maduro afirma que "chegou o dia da paz" na Colômbia

Cartagena (Colômbia), 26 set (EFE).- O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, destacou nesta segunda-feira, em sua chegada a Cartagena das Índias, que "chegou o dia da paz" na Colômbia, onde o governo e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) assinarão um acordo que acabará com um conflito armado de 52 anos.

"Hoje, 26 de setembro, chegou o dia da paz nesta Cartagena heroica e em toda esta terra que viu nascer nossa pátria comum", declarou o chefe de Estado venezuelano, que chegou acompanhado por sua esposa, Cilia Flores.

Maduro se declarou emocionado "por este passo histórico, por este passo que a Colômbia está dando", ao mesmo tempo em que felicitou e agradeceu ao presidente colombiano, Juan Manuel Santos, "às instituições, às Farc, à América Latina e ao mundo inteiro que acompanha à Colômbia".

"A Venezuela, junto com o Chile, foram os países acompanhantes na mesa para o término do conflito que foi instalada em Havana", afirmou o chefe de Estado venezuelano.

Maduro lembrou também os ofícios do presidente Hugo Chávez, falecido em março de 2013, para contribuir à paz da Colômbia.

"Os resultados nos interessam e o fato de que a Colômbia tenha dado este passo histórico nos congratula a alma, estamos com toda a disposição de continuar cooperando no desenvolvimento destes acordos e no desenvolvimento das outras conversas para que a paz na Colômbia seja completa", acrescentou.

A cerimônia de assinatura da paz acontecerá perante 2.500 convidados, entre eles pelo menos 13 chefes de Estado e de governo de todo o mundo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos