Saúde de Shimon Peres se agrava, e parentes são chamados para se despedir

Em Jerusalém

  • Baz Ratner/ Reuters

O ex-presidente de Israel e Prêmio Nobel da Paz, Shimon Peres, de 93 anos, está entre a vida e a morte, uma situação tão grave de saúde que seus familiares foram chamados nesta segunda-feira para se desperdir do político.

Segundo fontes citadas pela imprensa local, a situação de Peres piorou significativamente nas últimas 24 horas. "A situação de Peres continua sendo muito grave e a falta de progresso neste ponto é uma fonte de preocupação", disseram os médicos do Hospital Sheba, próximo de Tel Aviv, aos vários veículos de imprensa israelenses.

O jornal "The Jerusalem Post" citou um comunicado do médico pessoal e genro de Peres, Rafi Walden, que afirmou antes das declarações dos profissionais do Hospital Shiva que a condição de saúde do ex-líder israelense era "extremamente séria".

Por causa da piora, familiares do político foram chamados pelos médicos para terem uma oportunidade de se despedir de Peres. Segundo a imprensa, isso indica que o ex-presidente está nas últimas horas.

A emissora "Canal 10" informou que Peres tinha sofrido uma "falência múltipla" dos órgãos. As funções renais e respiratórias do ex-presidente estariam seriamente afetadas.

Peres está internado no Hospital Shiva, que fica na cidade de Tel Hashomer, perto de Tel Aviv, desde o último dia 13 de setembro, quando sofreu um acidente vascular cerebral (AVC).

Desde então, apesar de a vida do ex-presidente ter estado por um fio nas primeiras 24 horas depois a entrada no hospital, a o estado de saúde de Peres, ainda grave, se estabilizou. Várias tomografias realizadas no líder israelense tiveram resultados considerados satisfatórios pelos médicos.

A piora após duas semanas surpreendeu, especialmente depois de os médicos terem informado uma leve melhora. Eles avaliaram até permitir que Peres respirasse sem a ajuda de aparelhos.

Uma fonte próxima a Peres que pediu anonimato confirmou à Agência Efe que a situação do ex-presidente piorou. Segundo ela, os médicos estão reunidos no hospital para acompanhar a evolução do quadro.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos