Trump sugere que Hillary pressionou para obter cidadania de ex-Miss Universo

Washington, 30 set (EFE).- O candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, sugeriu nesta sexta-feira, no Twitter, que a ex-Miss Universo Alicia Machado recebeu ajuda de sua rival democrata, Hillary Clinton, para obter cidadania americana.

Além disso, o empresário pediu que seus seguidores procurassem um vídeo sexual de Alicia, uma gravação do reality show espanhol "A Fazenda dos Famosos", no qual a modelo manteve relações sexuais embaixo dos lençóis com o apresentador Fernando Acaso em 2005.

"Hillary ajudou que a desonesta, a desagradável Alicia M (olhem seu passado e seu vídeo sexual) se tornasse cidadã americana e assim pudesse usá-la no debate?", questionou Trump na rede social.

"Utilizar Alicia no debate como uma comparação de virtude demonstra que Hillary é desonesta e sofre de mau julgamento", criticou o empresário, que passou a desacreditar a modelo.

No debate presidencial da segunda-feira, Hillary atacou Trump por chamar Alicia de gorda após ela ter vencido o concurso de Miss Universo de 1996, ano no qual o magnata comprou os direitos de transmissão do programa.

A ex-secretária de Estado citou no debate presidencial da última segunda-feira as ofensas feitas por Trump a ex-Miss. O empresário chamava Alicia de "Miss Piggy" (Miss Porquinha), e Hillary afirmou que ela conseguiu a nacionalidade americana para votar contra ele.

Os comentários e ataques de Trump contra Alicia estão sendo usados pela campanha de Hillary para ressaltar a falta de respeito do candidato republicano pelas mulheres e pelos hispânicos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos