Polícia alemã detém suposto terrorista sírio, que é procurado desde sábado

Berlim, 10 out (EFE).- A Polícia da Saxônia, na Alemanha, deteve nesta segunda-feira o jovem refugiado sírio que fugiu no sábado depois de ser encontrado em seu domicílio em Chemnitz, leste do país, explosivos para cometer um atentado.

A Polícia informou esta madrugada através de sua conta no Twitter da detenção na cidade de Leipzig de Jaber Albakr, de 22 anos e o qual é considerado "perigoso".

"Estamos cansados, mas felizes", asseguravam as forças de segurança desse estado alemão, ao final de quase 48 horas de busca do suposto terrorista.

O suspeito, o qual a Promotoria Federal investiga por tentar realizar um ato terrorista "de motivação islamita", escapou no sábado, quando as forças especiais estavam a ponto de entrar em sua casa.

O jornal "Bild" publicou hoje, citando fontes da investigação, que o tipo de explosivo achado na casa do jovem sírio reforça a tese islamita, porque é peróxido de acetona, uma fórmula usada pelo Estado Islâmico (EI) em atentados como os de Paris e Bruxelas.

A revista "Der Spiegel" divulgou ontem que o suspeito chegou no dia 18 de fevereiro do ano passado à Alemanha pela Baviera, com a onda de refugiados, e duas semanas depois pediu formalmente asilo com um passaporte sírio, pedido que foi concedido em meados de junho.

A Alemanha sofreu dois ataques jihadistas em julho, ambos realizados por solicitantes de asilo, nos quais morreram os dois terroristas e 20 pessoas ficaram feridas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos