Príncipe tailandês pode ser proclamado rei a partir de sexta-feira

Bangcoc, 18 out (EFE).- O príncipe herdeiro da Tailândia, Vajiralongkorn, pode ser proclamado rei a partir da próxima sexta-feira, oito dias depois da morte do monarca Bhumibol Adulyadej, anunciou nesta terça-feira o primeiro-ministro, o general Prayut Chan-ocha.

"Ninguém deveria estar preocupado ou desconfiado sobre isto", considerou Prayut após uma reunião com os integrantes de seu governo, segundo o site "Khaosod".

O primeiro-ministro da junta militar tailandesa afirmou que a proclamação do novo rei pode acontecer entre sete e 15 dias depois do início dos ritos funerários, que começaram na última sexta-feira, 24 horas depois da morte de Bhumibol Adulyadej.

Prayut afirmou que a nova Constituição, aprovada em referendo em agosto, será assinada pelo novo rei dentro do prazo estabelecido pela lei.

A nova Carta Magna foi apresentada ao general Prayut na terça-feira da semana passada, dois dias antes da morte de Bhumibol e, segundo a legislação vigente, deverá ser assinada pelo chefe de Estado em um prazo de 30 dias, que expira em 8 de novembro.

O príncipe herdeiro, de 64 anos, anunciou que queria passar um tempo de luto antes de ser proclamado soberano, e a coroação formal deverá ser adiada em pelo menos um ano, quando forem incinerados os restos mortais de Bhumibol.

A proclamação do novo rei colocará um fim no período de regência por parte do presidente do Conselho Privado, Prem Tinunlasonda, de 96 anos, que assumiu essa responsabilidade após a morte do monarca.

O governo militar declarou um mês de luto, com a suspensão de eventos públicos e celebrações, e ordenou aos funcionários que se vistam de preto durante um ano.

A junta militar que governa a Tailândia desde o golpe de Estado de maio 2014 assinalou que continuará com os planos de realizar eleições em novembro do ano que vem.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos