Israel crê que pode forjar uma aliança ainda mais forte com os EUA

Nova York, 17 nov (EFE).- Israel acredita que, com a Administração do presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, seja possível forjar "uma aliança mais forte do que nunca" entre as duas nações, afirmou nesta quinta-feira o embaixador israelense em Washington, Ron Dermer.

Dermer fez essas declarações na Trump Tower, em Nova York, onde o presidente eleito se reuniu na tarde desta quinta-feira com seus colaboradores mais próximos para preparar a transição, assim como com personalidades de diferentes âmbitos políticos.

Em um breve pronunciamento aos jornalistas, o embaixador Dermer afirmou que Israel "não tem dúvidas" que Trump e o vice-presidente eleito, Mike Pence, são "verdadeiros amigos" de seu país.

"Esperamos trabalhar com a Administração Trump, com todos os integrantes da Administração Trump, inclusive Steve Bannon", acrescentou o embaixador.

Bannon foi indicado pelo presidente eleito como chefe de estratégia da futura Administração no domingo, mas vem sendo apontado como apoiador de grupos racistas e misóginos, e de ser um defensor da direita radical nos Estados Unidos.

Mesmo assim, Dermer afirmou que espera forjar uma "aliança entre Estados Unidos e Israel mais forte do que nunca" e se recusou a responder aos jornalistas quando perguntado por que tinha incluído Bannon.

Tampouco não foi informado se o embaixador israelense tinha se reunido previamente com Trump ou com outro integrante da equipe de transição.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos