ONU pede que Cuba siga caminho das reformas após morte de Fidel

Em nova York

  • Desmond Boylan/AP

    Fidel Castro morre aos 90 anos

    Fidel Castro morre aos 90 anos

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, destacou neste sábado (26)os avanços apresentados por Cuba durante o governo de Fidel Castro e disse torcer para que o país "continue avançando no caminho de reformas e em direção a uma prosperidade maior".

"Neste momento de luto nacional, ofereço ao povo da ilha o apoio firme das Nações Unidas para continuarmos trabalhando juntos", afirmou Ban em declaração feita no Turcomenistão, onde está de visita oficial, e divulgada por seu escritório de imprensa.

Na declaração, o secretário-geral da ONU ofereceu "sinceras condolências" ao povo de Cuba e à família de Fidel Castro por seu falecimento, "particularmente ao presidente Raúl Castro".

Ban se encontra na capital do Turcomenistão, Ashgabat, em uma conferência internacional sobre o transporte. A declaração sobre a morte de Fidel Castro ocorreu no início de uma entrevista coletiva concedida na cidade.

O secretário-geral da ONU disse que se lembrava da reunião que teve com Fidel Castro quando visitou Cuba em janeiro de 2014.

"Foi uma encorajada discussão que cobriu os eventos no mundo todo, assim como o desenvolvimento sustentável e a mudança climática. Cuba fez avanços nos campos da educação, da alfabetização e da saúde. Espero que Cuba continue avançando em um caminho de reformas e em direção a uma maior prosperidade", acrescentou o secretário-geral da ONU.

Fidel Castro morreu aos 90 anos às 22h29 de sexta-feira (hora local; 1h29 de sábado em Brasília), informou seu irmão, o presidente Raúl Castro, em pronunciamento na rede de televisão estatal.

O corpo do líder histórico da Revolução Cubana será cremado, de acordo com sua "vontade expressa", explicou Raúl, visivelmente emocionado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos