Exército argelino detém 4 jihadistas perto da fronteira com a Líbia

Argel, 27 nov (EFE).- Soldados do Exército da Argélia detiveram quatro jihadistas na cidade de Tarat, na província de Illizi, fronteira com a Líbia e local onde a Al Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI) realizou em 2013 um de seus maiores ataques terroristas.

Em comunicado divulgado neste domingo em seu site, o Ministério da Defesa explicou que os suspeitos, identificados como "B. Yelul", "B. Abdelmalek", "B. Milud" e "B. Sherif", estavam com mandatos de prisão há muito tempo. No momento da prisão, eles portavam quatro fuzis tipo "Kalashnikov" e oito carregadores.

Na quarta-feira passada, militares da força antiterrorismo detiveram outro jihadista nesta mesma área desértica do sudeste do país.

A atividade jihadista e o tráfico de armas aumentaram de forma considerável este ano na Argélia, estimulados pela crescente instabilidade na região, em particular ao longo da fronteira compartilhada com a Líbia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos