Lava Jato ganha prêmio de anticorrupção da Transparência Internacional

Cidade do Panamá, 3 dez (EFE).- A Transparência Internacional (TI) concedeu neste sábado o Prêmio contra a Corrupção 2016 à força-tarefa da Operação Lava Jato, responsável por investigar o escândalo de desvio de dinheiro na Petrobras.

A TI aproveitou que o Panamá está realizando a XVII Conferência Internacional contra a Corrupção para anunciar o prêmio aos promotores brasileiros que revelaram a maior trama de corrupção de "colarinho branco" da história do país.

"A Operação Lava Jato começou como uma investigação local sobre lavagem de dinheiro e se transformou na maior investigação que expôs casos de corrupção no Brasil até o momento", disse a entidade.

"Os promotores estiveram à frente das investigações desde abril de 2014. Lidaram com um dos maiores escândalos de corrupção do mundo, o caso Petrobras, e averiguaram, processaram e obtiveram severas penas contra alguns membros mais poderosos da elite político-econômica do Brasil", completou a entidade.

"A equipe da Lava Jato está fazendo um excelente trabalho para garantir que os corruptos prestem contas por seus atos", disse a presidente do Comitê de Prêmios contra a Corrupção da Transparência Internacional, Mercedes de Freitas.

O Prêmio contra a Corrupção distingue pessoas e organizações de todo o mundo, assim como jornalistas, promotores, servidores e líderes da sociedade civil que expõem e combatem a corrupção.

Essa é a segunda vez que brasileiros ganham o prêmio, lançado em 2000. O primeiro foi o denunciante Luis Roberto Mesquita, que venceu o Prêmio à Integridade em 2002, segundo a Transparência Internacional.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos