PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Presidente do Azerbaijão nomeia sua mulher como vice-presidente do país

O presidente do Azerbaijão, Ilham Aliyev, e sua mulher Mehriban Aliyeva - Lefteris Pitarakis/ AP
O presidente do Azerbaijão, Ilham Aliyev, e sua mulher Mehriban Aliyeva Imagem: Lefteris Pitarakis/ AP

Em Baku

21/02/2017 06h56

O presidente do Azerbaijão, Ilham Aliyev, nomeou nesta terça-feira (21) sua mulher, Mehriban Aliyeva, de 52 anos, como primeira vice-presidente do país.

O decreto presidencial foi publicado no site oficial do chefe de Estado.

A primeira-dama e agora número dois na hierarquia do Estado do Azerbaijão, é médica e desde 2005 ocupa uma cadeira no parlamento.

A nomeação foi feita de acordo com as emendas constitucionais aprovadas em setembro do ano passado que capacitam ao chefe do Estado a designar livremente um primeiro vice-presidente e um vice-presidente.

Antes das alterações à Constituição em caso de morte do chefe do Estado ou de sua incapacidade para exercer o cargo, a presidência interina ficaria sob responsabilidade do primeiro-ministro.

As mudanças na Constituição incluíram a ampliação do mandato presidencial de cinco a sete anos e acrescentaram às prerrogativas do chefe do Estado a de convocar, por iniciativa própria, eleições presidenciais antecipadas.

Mapa, Azerbaijão, Baku - Arte UOL - Arte UOL
Imagem: Arte UOL

Além disso, foi eliminada a idade mínima para os candidatos presidenciais, que era de 35 anos.

"As emendas constitucionais buscam referendar o autoritarismo e o poder ilimitado de uma família", disse à Agência Efe, o líder da Frente Popular do Azerbaijão, Ali Kirimli.

De acordo com Kirimli, a eliminação da idade mínima para aspirar à presidência procura favorecer ao filho de Aliyev, Gueidar, de 19 anos, chamado assim em homenagem a seu avô, já falecido, quem foi presidente do Azerbaijão entre 1993 e 2003.

Internacional