Trump e Ivanka visitam Museu de História e Cultura Afro-americana

Washington, 21 fev (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, visitou nesta terça-feira ao lado de sua filha Ivanka o Museu Nacional de História e Cultura Afro-Americana, inaugurado em setembro por seu antecessor, Barack Obama.

Trump chegou ao museu em Washington pouco depois das 8h30 (horário local, 10h30 em Brasília), como estava previsto em sua agenda. Além de Ivanka, acompanharam Trump o indicado para liderar o Departamento de Habitação, Ben Carson, e a assessora presidencial Omarosa O. Manigault, ambos afro-americanos. A visita de Trump ao centro cultural acontece dentro das comemorações pelo Mês da História Afro-americana nos Estados Unidos.

O museu apresenta a história dos afro-americanos nos Estados Unidos desde a escravidão, passando pela luta pelos direitos civis até a chegada de Obama à Casa Branca, em 2009, o primeiro presidente negro do país.

Trump já protagonizou várias polêmicas com a comunidade afro-americana e uma das mais famosas foi o ataque feito ao congressista e histórico líder de direitos civis John Lewis, que questionou a legitimidade da vitória do magnata devido à suposta interferência russa no pleito.

Por conta dos ataques de Trump a Lewis, mais de 50 legisladores democratas decidiram não comparecer ao dia da posse presidencial em sinal de protesto.

Mais recentemente, durante uma reunião na Casa Branca exatamente por causa do início do Mês da História Afro-americana, ele mostrou saber pouco sobre Frederick Douglass, um dos mais reconhecidos abolicionistas dos Estados Unidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos