Sequestrados 2 arqueólogos alemães no centro da Nigéria

Abuja, 23 fev (EFE).- Um grupo de homens armados sequestrou dois arqueólogos alemães no centro da Nigéria, onde as autoridades iniciaram um dispositivo para libertá-los, informou nesta quinta-feira à Agência Efe a polícia.

Os dois homens foram sequestrados ontem quando se encontravam trabalhando em uma escavação na cidade de Jajela, no estado de Kaduna e cerca de 120 quilômetros ao norte de Abuja, a capital do país.

"Posso confirmar que dois alemães foram sequestrados e estamos trabalhando para sua libertação", disse à Efe o porta-voz da polícia local, Aliyu Usman.

No entanto, a fonte não quis confirmar se os sequestradores pediram um resgate em troca de sua libertação, uma prática muito habitual no país.

Perguntada pela Efe, a embaixada alemã em Abuja não quis fazer nenhum comentário sobre o assunto.

Os sequestros são bastante comuns na Nigéria, onde a maior parte dos reféns costuma ser libertada ilesa, sobretudo mediante o pagamento de um resgate, mas, em algumas ocasiões, as vítimas são resgatadas por agências de segurança.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos