Centros judeus são esvaziados após aumento de ameaças nos EUA

Washington, 27 fev (EFE).- Vários centros judeus em diferentes estados dos Estados Unidos receberam ameaças e tiveram que ser abandonados nesta segunda-feira, depois dos atos de vandalismo registrados últimos dias contra esse grupo no país.

De acordo com jornais americanos, centros em Delaware, Nova Jersey, Alabama, Nova York, Michigan, Indiana, Carolina do Norte e Pensilvânia receberam ameaças e foram esvaziados. Ontem, mais de 100 lápides foram danificadas em um cemitério judeu na cidade da Filadélfia, na Pensilvânia.

Na cidade de York, também na Pensilvânia, uma "situação de emergência" levou o Centro Comunitário Judeu a fechar as portas, enquanto um acontecimento parecido foi reportado em Nova Jersey.

O centro judeu da cidade de Wilmington, em Delaware, também foi evacuado e a Polícia está investigando uma ameaça de bomba.

Pouco antes do meio-dia, a representante de Nova York Nita Lowey escreveu no Twitter que outra ameaça de bomba foi registrada contra o Centro Comunitário Judeu de Tarrytown, em Nova York.

Em Michigan, o Centro Comunitário Judeu de Ann Arbor foi igualmente ameaçado e o mesmo incidente ocorreu em Indianápolis, em Indiana, e em Asheville, mas neste último a Polícia da Carolina do Norte já descartou a existência de artefatos suspeitos nas instalações.

Incidentes similares foram registrados em centros judeus de todo o país nas últimas semanas, o que sugere que se trata uma campanha coordenada. O FBI e o Departamento de Justiça, encarregados de investigar os casos, ainda não esclareceram os fatos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos