Exército filipino inicia resgate de civis em áreas tomadas por jihadistas

Manila, 29 mai (EFE).- O Exército das Filipinas começou nesta segunda-feira uma "arriscada" operação para liberar mais de 2.000 civis das últimas áreas controladas por jihadistas afins ao grupo terrorista Estado Islâmico (EI) na cidade de Marawi, na ilha de Mindanao.

"Está acontecendo neste momento uma arriscada tentativa de liberar os civis presos nas áreas controladas pelo Grupo Maute", informou à Agência Efe o porta-voz do Comitê de Gestão de Crise da província de Lanao do Sul, Zia Alonto Adiong.

O porta-voz explicou que a operação do Exército acontece na área central da cidade, onde os soldados tentam estabelecer uma via de evacuação ao longo de uma ponte que liga os extremos leste e oeste do rio Agus.

Segundo testemunhas, mais de 2.000 civis permanecem isolados nas áreas ainda controladas pelos terroristas, enquanto a maioria dos 200 mil habitantes da cidade fugiram para localidades próximas ou foram evacuados nos últimos dias.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos