Vaticano anuncia morte de ex-porta-voz Joaquín Navarro Valls

Cidade do Vaticano, 5 jul (EFE). - O jornalista Joaquín Navarro-Valls, que foi porta-voz do Vaticano durante o pontificado do papa João Paulo II, faleceu nesta quarta-feira em Roma, informou o atual porta-voz da Santa Sé, Greg Burke.

Valls nasceu em 16 de novembro de 1936, em Cartagena, na província de Murcia, na Espanha, estudou Jornalismo e Medicina e foi diretor da Sala de Imprensa do Vaticano entre 1984 e 2006.

"Joaquin Navarro. DESCANSE EM PAZ. Obrigada pela compreensão", escreveu no Twitter o atual porta-voz, que depois postou uma foto de Valls e João Paulo II sorrindo lado a lado.

Valls foi o primeiro não italiano a ocupar esses cargo na Santa Sé e, atualmente, era presidente do Conselho Consultivo da Universidade Campus Biomédico, em Roma, vinculada ao Opus Dei. Foi considerado o laico com mais poder do Vaticano e o principal articulador da modernização do setor de comunicação.

Acompanhou o papa João Paulo II em todas as viagens e atos oficiais, e como porta-voz confirmou a morte do pontífice, em de 2 de abril de 2005. Posteriormente, esteve ao lado de Bento XVI em diversos eventos oficiais. Em 11 de julho de 2006, após 22 anos como porta-voz do papa deixou a direção, poucos dias depois de participar do Encontro Mundial das Famílias, na Espanha, com Bento XVI.

No começo da vida adulta, mais especificamente entre 1960 e 1974, Valls colaborou em diversos jornais e publicações da Espanha e foi fundador da revista "Diagonal". De 1974 a 1977, foi correspondente do "Nuestro tiempo" e da "Revista de Medicina" e porta-voz do Opus Dei. Tornou-se correspondente do jornal espanhol "ABC" na Itália e esse cargo o fez virar em 1983 e 1984 conselheiro e depois presidente da Associação da Imprensa Estrangeira na Itália, até ser nomeado diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, em 4 de dezembro de 1984.

A partir de então, se tornou uma das pessoas de maior confiança do papa e seu porta-voz oficial. Ao deixar o cargo, estreou na TV pública italiana "RAI" como comentarista e em janeiro de 2007 assumiu a presidência do conselho da universidade.

Desde 2008 colaborava com a empresa "Lux Vide", na supervisão de mensagens para celular com frases históricas de João Paulo II, e desde janeiro de 2009 era presidente da Fundação Telecom Itália.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos