Correria durante festa de independência do Malawi deixa pelo menos 8 mortos

Lilongüe, 6 jul (EFE).- Pelo menos oito pessoas morreram nesta quinta-feira e 43 ficaram feridas, algumas delas em estado grave, devido a uma correria no estádio nacional de Lilongüe, capital do Malawi, onde os cidadãos celebravam o 53° aniversário da independência do país.

A maior parte dos mortos e feridos são crianças que chegaram cedo ao local provenientes de diferentes lugares do país para participar da festividade na capital.

Segundo os testemunhas, as portas do estádio, que tem capacidade para 41 mil pessoas, deveriam ter sido abertas às 8h local para a celebração de vários eventos durante a tarde, incluindo uma partida de futebol das duas equipes com mais torcedores do Malawi.

No entanto, a multidão começou a entrar no estádio provocou um correria, que a polícia dispersou com gás lacrimogêneo.

As equipes de emergência esperam que o número de vítimas aumente por conta do alto número de feridos registrados após a correria, que recebem atendimento médico em centros da cidade.

O presidente do país, Peter Mutharika, junto com altos funcionários do Governo, assistiam a outro evento perto do Centro Internacional de Conferências de Bingu, em Lilongüe, e tinham previsto se unir à comemoração no estádio nacional.

Mutharika e o vice-presidente Saulos Chilima anunciaram na televisão local que visitariam os feridos e até o momento não comentou se as outras comemorações que tinham previsto realizar no estádio serão suspensas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos