Jornalista da "Russia Today" morre em operação do Exército sírio contra o EI

Moscou, 30 jul (EFE).- O correspondente da emissora "Russia Today" (RT), Khaled Alkhateb, morreu neste domingo enquanto cobria uma operação do Exército da Síria contra o grupo jihadista Estado Islâmico (EI) na província de Homs.

"A emissora RT informa da morte de seu correspondente, Khaled Alkhateb, que faleceu hoje durante a cobertura da operação do Exército sírio contra combatentes do EI ao leste da província de Homns", indicou a empresa em comunicado divulgado em seu site.

Alkhateb, de 22 anos, foi mortalmente ferido ao ser atingido por fogo de artilharia dos jihadistas que bombardeavam as posições das tropas sírias.

O jovem jornalista se dividia entre o trabalho do escritório árabe da "Russia Today" e seus estudos na Universidade de Damasco.

No ataque, o cinegrafista que trabalhava com Alkhateb também ficou ferido. As informações foram repassadas pelas autoridades sírias e confirmadas pela emissora.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos