Políticos da Alemanha recebem ameaças escritas em árabe

Berlim, 21 set (EFE). - Vários políticos alemães, de diferentes partidos, receberam cartas com ameaças escritas em árabe, acompanhadas de uma lâmina de barbear e de um pó branco, conforme informações da rede de TV "WDR" e da rádio "NDR".

"O que me preocupa é como conseguiram os nossos endereços pessoais", disse o deputado Gregor Gysi, do partido A Esquerda.

Entre os afetados estão ainda o primeiro-ministro do estado da Baviera, o conservador Horst Seehofer, da União Social-Cristã; os deputados Katrin Göring-Eckardt e Hans-Christian Ströbele; dos Verdes, e a deputada da Esquerda, Gesine Lötzsch.

Para Ströbele, histórico líder dos Verdes, mas que não virá como candidato nas eleições do próximo domingo, apesar de a carta estar escrita em árabe, o mais provável é que grupos de direita estejam por trás das ameaças. O pó branco, segundo as emissoras, que se apoiam em fontes policiais, seria bicarbonato de sódio.

Lötzsch disse à "NDR" e à "WDR" que entregou o conteúdo do envelope à Polícia e que acredita que algum grupo queria chamar a atenção com relação as eleições gerais do fim de semana. As cartas, que estão sendo investigadas pela Polícia de Berlim, estariam assinadas por uma autodenominada Sociedade Salafista Alemã e continham a advertência de não tocar no pó sob o risco de morte.

O governo alemão não quis dizer se a chanceler Angela Merkel também teria recebido uma carta do tipo, alegando razões de segurança.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos