PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Canadá anuncia sanções financeiras a Nicolás Maduro

22/09/2017 16h46

Toronto (Canadá), 22 set (EFE).- O governo do Canadá anunciou nesta sexta-feira a imposição de sanções financeiras ao presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, e figuras-chave do governo do país sul-americano "para enviar uma clara mensagem de que o seu comportamento antidemocrático tem consequências".

O Ministério das Relações Exteriores canadense disse que as sanções afetam pessoas que são responsáveis "pela deterioração da democracia na Venezuela".

A lista de pessoas afetadas pelas sanções inclui 40 nomes, entre os quais se destacam, além de Maduro, Tibisay Lucena (presidente do Conselho Nacional Eleitoral), Elías Jaua (ministro da Educação), Tareck el Aissami (vice-presidente) e Tarek Saab (procurador-geral). EFE

jcr/id

Internacional