PUBLICIDADE
Topo

Atentado em Cabul deixa pelo menos 5 mortos e 30 feridos

29/09/2017 09h58

Cabul, 29 set (EFE).- Pelo menos cinco pessoas morreram e outras 30 ficaram feridas depois que um suicida detonou seu colete de explosivos ao ser detido em uma rua no norte de Cabul, no terceiro atentado em três dias na capital da Afeganistão, informaram nesta sexta-feira fontes oficiais.

"Recebemos 35 pessoas, das quais cinco chegaram mortas", afirmou à Agência Efe a coordenação do Hospital de Emergências de Cabul.

Por sua vez, o porta-voz do Ministério do Interior, Najib Danish, confirmou à Efe cinco mortos e acrescentou que a explosão aconteceu na rua 7 do bairro de Qale-e-Fathullah.

Danish indicou que o suicida detonou o colete após ser "reconhecido" por oficiais de segurança quando se dirigia à mesquita xiita Hussania, nessa área da capital.

"Outros três suspeitos foram detidos na área", completou.

Em uma mensagem divulgada na sua conta no Twitter, os talibãs asseguraram que não têm nada a ver com o ataque.

Este é o terceiro atentado em Cabul nos últimos três dias. Ontem quatro pessoas morreram e 20 ficaram feridas na explosão de uma bomba colocada em um veículo da polícia.

No dia anterior, um grupo insurgente, reivindicado como próprio por talibãs e pelo Estado Islâmico, lançou morteiros contra o aeroporto da capital afegã e se entrincheirou em uma casa próxima em coincidência com a visita à capital do secretário de Defesa dos Estados Unidos, James Mattis, e do secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg.

Os três terroristas morreram abatidos pelas forças de segurança e pelo menos uma mulher morreu e 11 civis ficaram feridos em uma operação aérea realizada pela Otan para deter os insurgentes.

De acordo com o último relatório do Inspetor Especial para o Afeganistão (SIGAR) dos Estados Unidos divulgado no mês passado, a guerra no país está "estancada", com o governo controlando menos de 60% do país.