Santos diz que reincorporação de ex-combatentes das Farc avança positivamente

Tolemaida (Colômbia), 30 set (EFE).- O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, afirmou neste sábado que o processo de reincorporação à legalidade dos cerca de 6 mil ex-combatentes das Farc que abandonaram as armas e se desmobilizaram avança de forma positiva.

"Certamente tivemos problemas, encontramos obstáculos, tivemos atrasos, muitos deles por culpa do próprio governo, por falta de coordenação nas entidades, por falta de planejamento", disse Santos em uma reunião na base militar de Tolemaida, na região central do país.

Também participaram da reunião o vice-presidente, general reformado Óscar Naranjo; o alto comissário para a Paz, Rodrigo Rivera; o alto conselheiro para o Pós-conflito, Rafael Pardo; o diretor da Agência para a Reincorporação e a Normalização (ARN), Joshua Mitrotti; a ministra da Educação, Yaneth Giha; e o secretário-geral da Presidência, Alfonso Prada, além do antigo líder guerrilheiro Félix Antonio Muñoz Lascarro, conhecido como "Pastor Alape", e de representante das Farc.

"O balanço, em termos gerais, é muito positivo. Estamos avançando e avançando bem, com passos firmes, com objetivos muito concretos, e vamos continuar avançando", ressaltou Santos.

Neste sentido, o presidente disse que é muito importante a criação dos 26 conselhos territoriais de reincorporação, com a participação de representantes do governo e das Farc, bem como de autoridades departamentais, municipais, universidades e forças da região.

Para ele, estes conselhos que contarão com a presença de prefeitos e governadores, consistem em mecanismos que ajudarão a ter "um contato muito mais direto com as zonas de reincorporação e com as comunidades ao redor dessas zonas, para que tudo seja feito de forma articulada e tenha um efeito real".

O governo colombiano e as Farc assinaram um acordo de paz em 24 de novembro do ano passado em Bogotá, após o qual a guerrilha se transformou no último dia 1º de setembro no partido político Força Alternativa Revolucionária do Comum.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos