PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Xi diz que visita de Trump será "grande oportunidade" para reforçar relações

30/09/2017 10h06

Pequim, 30 set (EFE).- O presidente chinês, Xi Jinping, afirmou neste sábado que a visita à China do governante americano, Donald Trump, em novembro será uma "grande oportunidade" para as relações bilaterais em plena escalada da tensão na península coreana.

"A sua visita será uma grande oportunidade para o desenvolvimento das relações entre a China e os Estados Unidos", considerou o líder chinês antes da reunião que manteve neste sábado com o secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, no Grande Palácio do Povo de Pequim.

Xi ressaltou que a primeira visita oficial de Trump à China é "o maior evento dentro do programa das relações bilaterais" e que será "especial, maravilhosa e exitosa".

Segundo o presidente chinês, os laços com os EUA são "geralmente estáveis" e ambos os líderes mantiveram até agora uma "sólida comunicação".

Além da visita a Pequim, Trump passará por outros quatro países do continente como parte de sua primeira excursão asiática como presidente: Japão, Coreia do Sul, Vietnã e Filipinas, entre os dias 3 e 14 de novembro.

Xi também elogiou a "muito boa relação de trabalho e amizade pessoal" que mantém com Tillerson, a quem lembrou os "esforços" que ambos os países fizeram para "impulsionar" relações melhores.

De acordo com Tillerson, Trump "espera com esperança" o encontro com Xi, para o qual "têm sido feitos ótimos diálogos" tanto com o ministro de Relações Exteriores chinês, Wang Yi, como com o Conselheiro de Estado chinês, Yang Jiechi (equivalente a conselheiro de segurança nacional).

"Esta é uma relação (entre China e EUA) que continua crescendo e amadurecendo", expressou o secretário americano, que expressou o desejo de aumentar a confiança mútua, assim como a cooperação tanto a nível internacional como regional.

Internacional