Humorista, Sarec promete seriedade se for presidente da Eslovênia

Zagreb, 19 out (EFE).- O ex-ator e comediante de 40 anos, Marjan Sarec, prefeito da pequena cidade de Kamnik, prometeu que levará muito a sério o cargo de chefe de Estado se vencer no próximo domingo as eleições presidenciais na Eslovênia.

"A função de presidente é muito real para cedê-la aos que a veem como uma diversão e uma oportunidade para a promoção pessoal", afirmou Sarec durante a campanha.

O prefeito, que em sete anos passou de ser um conhecido humorista para se tornar uma estrela política, se refere com estes comentários ao atual presidente, Borut Pahor, que, segundo as pesquisas, será reeleito com quase o dobro de votos que Sarec.

Sarec se formou em 2001 na Academia de Teatro, Rádio, Cinema e Televisão de Liubliana e se tornou popular depois como comediante, imitador e por suas sátiras políticas. Não voltou a atuar desde que em 2010 ganhou as eleições locais e foi eleito prefeito de Kamnik.

Aquele que se dedicava a imitar presidentes eslovenos ou Osama bin Laden e Fidel Castro assegura que a política é, diferente da comédia, algo "muito real" e afirma que Pahor é o verdadeiro ator.

A seriedade com a qual em 2010 encarou seu papel de prefeito de Kamnik fez com que nas eleições de 2014 ganhasse um novo mandato com dois terços dos votos nesta cidade de 14.000 habitantes situada a 15 quilômetros da capital Liubliana.

Outro argumento de Sarec, 14 anos mais jovem que Pahor, é que o país precisa de novos políticos, já que nas últimas três décadas os mesmos líderes foram passando de cargo em cargo, como é o caso do atual presidente, que foi deputado, europarlamentar e premiê.

"Toda essa geração de políticos sustenta a mesma política durante décadas e, quando atuam igual todo o tempo, os resultados são também sempre os mesmos", criticou.

O seu slogan eleitoral é "Homem. Comunidade. Estado." e os analistas apontam que sua mensagem atraiu principalmente aos jovens que simpatizam com a esquerda, ainda que Sarec não tenha se definido nunca como parte desse espectro politico.

Os especialistas atribuem sua popularidade em Kamnik ao fato de que governou com transparência, sinceridade, honestidade e respeito à lei, bem como pelo corte em despesas de representação.

Em sua opinião, o presidente deve acatar os mesmos princípios, advertir constantemente contra as irregularidades, marcar o tom da política e representar em todo momento os interesses dos cidadãos. EFE

vb/rsd/id

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos