Outros dois partidos opositores venezuelanos rejeitam participar das eleições

Caracas, 31 out (EFE).- Os partidos opositores Bandeira Vermelha (BR) e Movimento Progressista da Venezuela (MPV) se somaram nesta terça-feira à lista de formações que se recusam a participar das eleições municipais de dezembro.

O secretário-geral do MPV, Simón Calzadilla, garantiu em comunicado que o partido não indicará candidatos ao pleito "pelas condições adversas que há neste momento".

"A violação sistemática das leis eleitorais impedem conseguir avançar nos objetivos propostos", afirmou o deputado, que acusou o chavismo de impor "condições adversas diante de uma eleição tão complexa", na qual serão escolhidos mais de 300 vereadores.

O MPV assegura que seis dos oito partidos que formam o comitê político da aliança opositora Mesa da Unidade Democrática (MUD) manifestaram a sua rejeição a comparecer às urnas até que seja reformado o Conselho Nacional Eleitoral (CNE), o qual acusam de ter executado uma "fraude" no pleito do dia 15 de outubro, quando o chavismo ganhou 18 dos 23 governos em disputa.

O Bandeira Vermelha considera que a convocação para as eleições municipais feita pela governista Assembleia Nacional Constituinte "violenta a Constituição e a lei eleitoral ao arrogar funções próprias da CNE".

Além disso, o partido acusa o governo de "manter o sistema e os procedimentos abertamente fraudulentos mostrados em 15 de outubro e atropela outros possíveis concorrentes".

A formação decidiu se abster da disputa porque "nestas condições ajudaria a convalidar esta distorcida, vigarista e nefasta engrenagem eleitoral imposta pelas máfias governamentais".

O partido também "convocou à luta por um sistema eleitoral que respeite os princípios democráticos universais e as pautas constitucionais e legais", seguindo a linha de outros partidos que pedem a mudança do sistema eleitoral. A MUD e boa parte da comunidade internacional não reconhece o conjunto dos últimos resultados eleitorais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos