Brasil e Paraguai dizem que acordo entre UE e Mercosul pode sair em 2017

Brasília, 23 nov (EFE).- Os chanceleres do Brasil, Aloysio Nunes, e Paraguai, Eladio Loizaga, reiteraram nesta quinta-feira a convicção de que o acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia (UE), seja concretizado ainda neste ano.

"Será fundamental para uma maior inserção (do Mercosul) no mundo", declarou Nunes sobre a possibilidade desse acordo, em torno do qual ambas as partes continuam trabalhando com a esperança de que possa ser assinado em dezembro.

"Esperamos que seja concluído antes do fim de ano" e que inclua "recíprocos compromissos e benefícios para os cidadãos" europeus e da Argentina, Brasil, Uruguai e Paraguai, membros do Mercosul, disse Loizaga em um pronunciamento conjunto perante os jornalistas.

A última rodada de negociações foi realizada em Brasília há dez dias e, segundo disseram alguns membros das equipes técnicas de ambas as partes, ainda existiam algumas dificuldades nos setores de carnes e biocombustíveis.

A fim de tentar superar definitivamente os que parecem ser os últimos obstáculos, foi estipulada uma nova rodada de negociações que será realizada em Bruxelas entre 29 de novembro e 5 de dezembro.

Essas novas discussões serão realizadas quase contra-relógio, pelo menos segundo a intenção manifestada tanto pelo Mercosul como pela UE de que o acordo seja assinado em Buenos Aires em 10 de dezembro, durante uma reunião ministerial da Organização Mundial de Comércio (OMC).

Em suas declarações, o chanceler paraguaio destacou o papel que o Brasil exerceu nessas negociações durante os últimos meses, nos quais exerceu a presidência semestral do Mercosul.

Esse cargo rotativo será exercido pelo Paraguai a partir de 21 de dezembro, no marco da Cúpula anual do Mercosul, que será realizada em Brasília e à qual o presidente paraguaio, Horacio Cartes, já confirmou seu comparecimento, segundo declarou hoje Loizaga.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos