Bielorrússia e Cazaquistão abrem nova etapa nas relações bilaterais

Moscou, 29 nov (EFE).- Os presidentes da Bielorrússia, Aleksandr Lukashenko, e do Cazaquistão, Nursultan Nazarbayev, decidiram nesta quarta-feira impulsionar a cooperação de caráter tecnológico durante a reunião que ambos tiveram em Minsk.

"Tenho o prazer de anunciar que esta visita abriu uma nova etapa na nossa cooperação bilateral", afirmou Lukashenko depois do encontro, segundo a agência bielorrussa "Belta".

"A entrada mútua de capital com o enfoque posto na inovação e na alta tecnologia será o traço distintivo desta cooperação. O amanhã pertence às tecnologias de ponta", acrescentou o governante bielorrusso.

Lukashenko frisou que Bielorrússia e Cazaquistão "estão preparados para trabalhar pelo futuro" e assegurou que "a Bielorrússia já está desenvolvendo um volume respeitável de software para muitos países e está pronta para trabalhar conjuntamente e compartilhar as melhores práticas com os irmãos cazaques".

"Eu reitero: não vamos esconder nada. São livres para ter plena informação sobre tudo o que podemos fazer a este respeito", acrescentou.

Lukashenko destacou ainda que existe interesse em vários projetos "promissores" em áreas como indústria petroquímica, agricultura, engenharia energética, transporte, logísticas e novas tecnologias.

Antes, ambos presidentes manifestaram sua disposição a estreitar os laços econômicos entre os países.

"Finalmente começamos a superar o vazio nas nossas relações econômico-comerciais", destacou Lukashenko, citado pela agência bielorrussa "Belta", ao início da sua reunião com o presidente cazaque, que chegou hoje a Minsk para uma visita oficial de dois dias.

Nazarbayev, por sua parte, disse que as relações entre ambos países se encontram atualmente em um "elevado nível estratégico" e acrescentou que nada deve impedir seu desenvolvimento.

O presidente cazaque ressaltou que, nos 25 anos transcorridos desde o estabelecimento das relações diplomáticas, os dois países criaram uma "base econômica e política sólida para a amizade e a cooperação".

Nazarbayev declarou ainda que, sob a presidência de Lukashenko, a Bielorrússia se transformou em um país europeu desenvolvido,

"Também graças à sua tenacidade atualmente no Cazaquistão operam 260 empresas bielorrussas e em nossos comércios há produtos agrícolas bielorrussos", disse Nazarbayev se dirigindo ao seu anfitrião.

Por sua vez, Lukashenko afirmou que Bielorrússia e Cazaquistão mantêm posturas totalmente coincidentes no âmbito político e diplomático.

"Nós nos apoiamos mutuamente sempre e em todas partes", concluiu o presidente bielorrusso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos