EUA apoiam manifestantes contrários à política econômica do Irã

Washington, 29 dez (EFE).- A porta-voz da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders, mostrou seu apoio aos milhares de cidadãos que protestaram neste sábado contra a atual política econômica do Governo do Irã e advertiu as autoridades do país que "o mundo está observando".

"O governo iraniano deve respeitar os direitos do seu povo, incluindo o direito a se expressar. O mundo está observando", escreveu Sanders na sua conta oficial do Twitter.

A porta-voz repercutiu as informações que chegam do Irã que falam de um dia de protestos pacíficos nas cidades de Mashhad, Neyshabur, Kamshmar, Shahrud, Kermanshah, Rasht, Tabriz e Isfahan, apesar das detenções feitas pelas autoridades locais.

Neste sentido, a porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Heather Nauert, emitiu um comunicado condenando estas detenções e pediu à comunidade internacional que "apoie publicamente" os cidadãos iranianos que "pedem o fim da corrupção e o respeito dos direitos fundamentais" no país.

Os manifestantes entoaram lemas contrários ao presidente iraniano, Hassan Rohani e favoráveis à independência, à liberdade e à república iraniana, expressando sua rejeição ao apoio econômico do governo a alguns países da região, enquanto que a população local atravessa dificuldades econômicas.

"Os líderes iranianos converteram um país rico e com uma história e uma cultura considerável num estado desonesto e economicamente afundado, cujas principais exportações são a violência, o derramamento de sangue e o caos", denunciou Nauert.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos