Odebrecht faz acordo e pagará multa de US$ 17,9 mi à Guatemala por propinas

Cidade da Guatemala, 24 (EFE).- A construtora brasileira Odebrecht fez um acordo para pagar ao governo da Guatemala uma multa de US$ 17,9 milhões como reparação econômica pelos "fatos delitivos" investigados em um escândalo de propinas no país, informou nesta quarta-feira a procuradora-geral, Thelma Adana.

A procuradora anunciou em entrevista coletiva o compromisso firmado entre as partes dentro das investigações realizadas pelas propinas pagas pela construtora brasileira no país.

Além do acordo, a Odebrecht colabora com o Ministério Público da Guatemala no caso, assim como dois diretores da empresa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos