OEA expressa "enérgica rejeição" a atentado na Colômbia

Washington, 27 jan (EFE).- A Organização de Estados Americanos mostrou neste sábado sua "enérgica rejeição" ao atentado contra uma delegacia de polícia do bairro de San José, na cidade de Barranquilla, no norte da Colômbia, em que pelo menos quatro policiais morreram.

"Enérgica rejeição ao atentado na estação de polícia de San José de Barranquilla. Nossa solidariedade aos familiares das vítimas, e o desejo de pronta recuperação dos feridos", apontou a organização em um comunicado divulgado através das redes sociais.

O ataque, que aparentemente foi causado por um explosivo colocado em um dos muros da delegacia, ocorreu por volta das 6h30 locais (9h30 em Brasília), quando os policiais estavam no pátio para a mudança de turno, segundo o general Mariano Botero, comandante da Polícia Metropolitana de Barranquilla.

As autoridades informaram a detenção de um suspeito, que foi capturado nas imediações do local. Os agentes encontraram com ele um caderno e um rádio de comunicações, que podem ter servido para perpetrar o ataque, no qual outras 42 pessoas ficaram feridas.

Neste momento está sendo investigado se o atentado tem relação com um assalto quase simultâneo a um caminhão de transporte de valores em uma região próxima à delegacia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos