Topo

Brasileira Patrícia Campos ganha Prêmio de Jornalismo Digital Rei da Espanha

01/02/2018 09h35

Madri, 1 fev (EFE).- A jornalista brasileira Patrícia Campos Mello venceu nesta quinta-feira por unanimidade o Prêmio de Jornalismo Digital Rei da Espanha por seu trabalho "Um mundo sem muros", uma denúncia ao aumento das barreiras físicas que nos separam em uma sociedade cada vez mais interconectada.

O júri avaliou o trabalho realizado por Patrícia na elaboração de uma série de reportagens, seis no total, publicadas no site do jornal "Folha de S. Paulo" em 26 de junho de 2017, que contava ainda com uma apresentação infográfica.

Em sua decisão, o júri destacou ainda o uso que a jornalista faz dos conteúdos 360º e dos drones, o que representou um adicional a respeito dos outros candidatos.

"Um mundo sem muros" se foca na construção de muros em diferentes lugares do mundo e suas consequências no dia a dia para emigrantes, refugiados e pessoas com menor poder aquisitivo, bem como nas áreas afetadas por outros motivos.

As reportagens que formam o trabalho ganhador viajam para quatro continentes - Ásia, América, Europa e África - para mostrar o que ou quem está por trás desses muros.

As imagens transportam o leitor às barreiras que dividem israelenses e palestinos, no Oriente Médio; ao muro "da vergonha" no Peru; às fronteiras entre Sérvia e Hungria, Quênia e Somália e México e Estados Unidos; e ao próprio Brasil, onde ocultam o crime e a pobreza.

O prêmio, dotado com 6.000 euros e uma escultura do artista Joaquín Vaquero Turcios, corresponde à 35ª edição dos Prêmios Rei da Espanha, convocados anualmente pela Agencia Efe e pela Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID), do Ministério de Relações Exteriores.

Os Prêmios Internacionais de Jornalismo Rei da Espanha estão patrocinados pela OHL, grupo internacional de concessões e construção.

Notícias