Combates entre forças sírias e rebeldes resultam em ao menos 19 mortos em Guta Oriental

No Cairo

  • Ammar Suleiman/AFP Photo

Uma série de combates explodiram neste domingo entre as forças leais ao presidente sírio, Bashar al Assad, e duas facções islâmicas na região de Guta Oriental, na periferia de Damasco, nos quais foram registrados pelo menos 19 mortos.

As forças governamentais, que assediam Guta Oriental, enfrentaram o grupo Exército do Islã na cidade da Al Marsh, no sudeste da região, e o Movimento dos Livres de Sham em Harasta, no noroeste do enclave rebelde, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Em Al Marsh foram registrados pelo menos 19 mortos, embora a ONG não tenha especificado o número de baixas em cada lado e nem as vítimas na outra frente de combate.

Os confrontos se iniciaram um dia depois de o Conselho de Segurança da ONU aprovar de forma unânime uma resolução que exigia a todas as partes beligerantes a cessação urgente das hostilidades humanitárias durante 30 dias em todo o território sírio, incluindo de forma expressa Guta Oriental.

Em uma semana de intensos ataques aéreos, de artilharia e com mísseis, pelo menos 519 pessoas morreram na região, segundo os dados divulgados pelo Observatório.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos