Homem confessa que cometeu por volta de 40 estupros em França e Bélgica

Paris, 28 fev (EFE).- Um morador de aproximadamente 50 anos da cidade de Pont sur Sambre, no norte da França, foi detido na última segunda-feira por uma agressão na Bélgica, mas confessou ser o autor de cerca de 40 estupros e agressões sexuais nos dois países durante os últimos 30 anos.

O promotor Jean-Philippe Vicentini explicou nesta quarta-feira em entrevista coletiva que "esta pessoa reconhece os fatos dos quais é acusado e explicou que agiu por impulsos que não conseguia controlar".

O homem, que segundo os veículos de imprensa responde à identidade de Dino S., tem três filhos e é muito conhecido em sua cidade por ter sido jogador, treinador e presidente do time de futebol. Segundo Vicentini, ele confessou que "avalia o número de vítimas em cerca de 40" e que os crimes foram cometidos desde 1988.

Por enquanto, o homem é acusado de ter cometido 19 estupros, mas os investigadores vão revisar outros casos não resolvidos na região para verificar se os mesmos têm vestígios que levem à sua imputação.

A prisão ocorreu por uma agressão cometida no último dia 5 em Erquelinnes, uma população próxima de Pont sur Sambre, mas que fica em território belga. As investigações desse caso permitiram que a polícia conseguisse o seu DNA, que coincidia com o de um estuprador que vinha sendo procurado pelas forças de segurança da França desde 1996.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos