Walmart eleva a 21 anos idade para compra de armas em suas lojas nos EUA

Washington, 28 fev (EFE).- O grupo Walmart elevou nesta quarta-feira para 21 anos a idade mínima para a compra de armas de fogo e munição em suas lojas.

Além de aumentar a idade para a compra de armas e munição, o grupo também anunciou que retirará de seu catálogo os produtos que "se assemelhem a fuzis", incluindo as armas de ar tipo "airsoft" e brinquedos.

O Walmart deixou de vender em 2015 fuzis como o popular AR-15 utilizado em vários ataques a tiros, entre eles o de duas semanas atrás em uma escola na cidade de Parkland, na Flórida, que deixou 17 mortos.

Além disso, a multinacional com sede no Arkansas também não vende pistolas em suas lojas, exceto nas do Alasca.

"A nossa tradição como empresa esteve sempre a serviço dos atletas e caçadores, e continuaremos a fazê-lo de uma maneira responsável", disse a companhia em comunicado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos