Kim Jong-un se despede de turistas chineses feridos em acidente de ônibus

Seul, 26 abr (EFE).- O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, se despediu pessoalmente na noite de quarta-feira dos turistas chineses feridos em um recente acidente de ônibus, que aconteceu em seu país e que partiram em um trem fretado para repatriar os corpos das 32 pessoas que morreram, informaram hoje os veículos de imprensa estatais.

Kim embarcou no trem antes de sua partida para se reunir novamente com os feridos e "oferecer palavras de consolo", informou hoje a agência estatal "KCNA", e transmitiu suas "profundas condolências e desculpas aos familiares das vítimas do inesperado e trágico desastre" às autoridades chinesas presentes.

O acidente, que aconteceu no último domingo, no condado de Pongsan, na província de Hwanghae Norte, deixou 32 turistas chineses mortos e dois feridos com gravidade, que Kim já havia visitado no hospital, além de quatro cidadãos norte-coreanos falecidos.

O líder norte-coreano ordenou que se investigue a tragédia e que "tomem medidas contundentes para evitar completamente a recorrência de semelhante acidente", segundo detalhou a "KCNA".

Além disso, Kim também enviou na véspera uma mensagem dirigida ao presidente da China, Xi Jinping, e ao governo daquele país, para expressar seu pêsame pelo fato de que seus "amigos chineses, que vieram aqui (à Coreia do Norte) com sentimentos de amizade para o nosso povo, se encontraram com um acidente inesperado na nossa terra".

Estes gestos acontecem em um momento de melhoria das relações com Pequim após uma época de distanciamento devido aos programas de armas do regime.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos