Presidente eleito da Costa Rica apresenta gabinete com maioria de mulheres

San José, 26 abr (EFE).- O presidente eleito da Costa Rica, Carlos Alvarado apresentou nesta quinta-feira seu gabinete, integrado por uma histórica maioria de mulheres em destaque para o posto de chanceler para a vice-presidente eleita, Epsy Campbell, primeira mulher a liderar o Ministério das Relações Exteriores do país.

Alvarado, que assumirá o cargo no próximo dia 8 de maio, afirmou em um evento oficial que "foi uma tarefa árdua" formar este grupo de trabalho "muito talentoso, paritário e multipartidário".

O líder eleito agradeceu aos ministros designados "o sentido patriótico de levar adiante a esta nação maravilhosa, com esforço e vontade de ter um futuro melhor para aqueles que vivem neste país e as gerações futuras".

O gabinete é composto por 14 mulheres e 11 homens, o que supera a meta de conseguir uma paridade de gênero e que pela primeira vez na história do país consolida uma maioria de mulheres.

Epsy Campbell, quem será a primeira mulher negra em exercer a vice-presidência em um país da América Latina, por sua vez será a primeira ministra das Relações Exteriores do país.

Campbell é economista, ex-deputada, reconhecida política do país e ativista pela igualdade de gênero e defesa dos direitos humanos, especialmente pela não discriminação.

Como ministra da Fazenda foi nomeada María del Rocío Aguilar; a economista Edna Camacho como ministra Coordenadora do Conselho Econômico, e Dyala Jimenez será a ministra do Comércio Exterior.

A única ministra que vem do governo de Luis Guillermo Solís, correligionário de Alvarado, é Sylvie Durán no ministério da Cultura e Juventude.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos