China espera que reunião entre Trump e Kim seja um sucesso

Pequim, 27 mai (EFE).- A China espera que a reunião entre Estados Unidos e Coreia do Norte, que inicialmente estava planejada para o próximo dia 12 de junho em Cingapura, possa acontecer como estava previsto e seja um sucesso, destacou hoje o Ministério das Relações Exteriores do país.

"A China apoia firmemente os líderes de EUA e Coreia do Norte nas suas reuniões e espera que a cúpula prevista seja bem-sucedida e traga paz para a península da Coreia e boas notícias para o mundo", afirmou Lu Hao, porta-voz desse Ministério, em comunicado.

Segundo Lu, a China espera que ambos os países "apreciem a distensão no diálogo na península, mantenham a paciência, tenham boa vontade, avancem e continuem trabalhando para resolver preocupações comuns através do diálogo", o que promoverá a desnuclearização da península da Coreia.

Além disso, o porta-voz avaliou a "atitude positiva" que as partes mostraram na busca da desnuclearização e comemorou o "espírito de diálogo, reconciliação e cooperação" que as duas Coreias personificaram na declaração de Panmunjom e nas duas reuniões que tiveram.

"As relações tiveram um papel positivo na promoção e consolidação do impulso para o alívio de tensão na península", ressaltou Lu.

O porta-voz defendeu também o "contato direto" entre as partes, "crucial" para que se resolva o assunto nuclear, e comentou que a China, como vizinho próximo das duas Coreias, tem o objetivo de conseguir a desnuclearização da península, manter a paz e estabilidade, e resolver o conflito.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos