Petro diz que Duque atingiu teto eleitoral e confia na virada no 2º turno

Bogotá, 27 mai (EFE).- O candidato esquerdista à Presidência da Colômbia, Gustavo Petro, disse neste domingo que o uribista Iván Duque, que será seu rival no segundo turno que será realizado no dia 17 de junho, atingiu seu teto eleitoral e mostrou sua confiança em reverter para ganhar.

"Duque parece ter um teto e por outro lado somos nós, as forças livres da cidadania, as que não parecem ter teto, vamos avançando com passo firme, constante, sempre em frente, vocês podem ter a certeza de que vamos vencer, que se pode mudar a história da Colômbia", disse Petro, do movimento Colombia Humana, aos seus seguidores.

O candidato esquerdista obteve mais de 4,85 milhões de votos, o que implica em 25,09% do total, enquanto Duque superou ligeiramente os 7,5 milhões de cédulas, o que representa 39,14%, segundo os resultados oficiais da entidade organizadora das eleições.

Precisamente, Petro tinha posto em dúvida a contagem das eleições, mas neste domingo afirmou que os dados oficiais coincidem com os "da auditoria que o movimento realizou".

"Temos dados sobre os quais temos que partir para a etapa seguinte", ressaltou o candidato para um grande grupo de simpatizantes em Bogotá e acompanhado de sua companheira de chapa Ángela María Robledo, assim como de sua esposa e filhos.

Petro assegurou, além disso, que "matematicamente há um fato, (é que) a vantagem que Duque e seus aliados levaram sobre sua campanha diminuiu completamente em dez pontos percentuais".

O candidato também considerou que "sem dúvida há milhões e milhões de colombianos que votaram e deram um exemplo mundial de participação, de desejo de decidir sobre seu país independentemente em quem votaram, que tiveram muitas alternativas para isso".

"O voto não se polarizou, se distribuiu entre várias alternativas muito fortes do ponto de vista eleitoral, indicando que a Colômbia vai ganhando, em força e legitimidade, o que durante muito tempo não podia ser feito: o pluralismo como eixo da democracia", concluiu Petro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos