PUBLICIDADE
Topo

Resgatados em caverna da Tailândia se "recuperam" sem problemas graves

10/07/2018 01h43

Mae Sai (Tailândia), 10 jul (EFE).- As autoridades de saúde da Tailândia confirmaram nesta terça-feira que os oito jovens resgatados até agora após passar mais de duas semanas presos em uma caverna do norte do país se "recuperam" e não sofrem problemas graves.

Os médicos analisaram o sangue e os pulmões dos jovens, além de fornecer de forma intravenosa soro para melhorar as suas defesas e injetar-lhes várias vacinas, disse em entrevista coletiva o secretário para a Saúde Pública, Jetsada Chokedamrongsuk.

As autoridades esperam realizar nesta terça-feira a terceira missão de resgate para evacuar de uma gruta a cerca de 4 quilômetros de profundidade os demais jovens, quatro menores e seu técnico de time de futebol.

Dois dos meninos que foram resgatados no domingo mostram leves irregularidades na sua respiração, por isso que os médicos suspeitam que podem sofrer de um princípio de pneumonia.

Os quatro primeiros chegaram com sinais de hipotermia, devido às condições difíceis que enfrentaram na gruta e durante a etapa de mergulho que tinham que superar para sair do local.

Outro deles tem um pequeno corte na perna direita.

"As crianças estão comendo refeições suaves e de fácil digestão", disse Jetsada, ao falar sobre a perda de peso dos garotos.

Nenhum tem febre e estão tendo apoio psicológico.

Os 13 - 12 estudantes entre 11 e 16 anos e seu tutor de 26 - entraram nas galerias no sábado dia 23 de junho após finalizar um treino de futebol quando uma súbita tempestade começou a inundar a cavidade e lhes impediu a saída.