PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Parlasul diz que convém a Bolsonaro ter um Mercosul forte

30/10/2018 17h23

Montevidéu, 30 out (EFE).- O presidente do Parlamento do Mercosul (Parlasul), Tomás Bittar, disse nesta terça-feira que para o presidente eleito Jair Bolsonaro é conveniente ter um Mercosul forte.

"É muito recente até agora o presidente do Brasil, mas eu entendo que é muito importante fortalecer o Mercosul", disse o político paraguaio à imprensa depois de uma reunião com uma delegação do Parlamento Europeu (PE) em Montevidéu.

Neste sentido, Bittar destacou acreditar que Bolsonaro, que venceu no último domingo o segundo turno das eleições presidenciais com 55,13% dos votos contra 44,87% de Fernando Haddad, tornará "mais sério" o tema do Mercosul, já que vai tirar a parte "ideológica do meio" e concentrará nos aspectos "mais técnicos".

Por sua vez, o eurodeputado português Francisco Assis declarou à imprensa que o Brasil é um dos países mais interessados em firmar um acordo com a União Europeia (UE) e que para criar esta aliança o amparo do Mercosul é conveniente, já que o bloco europeu não pretende criar um acordo comercial bilateral com um único país.

"O Brasil é o maior país do Mercosul, mas a verdade é que o Brasil também precisa dos outros países que são os seus parceiros, Uruguai, Argentina e Paraguai", concluiu o eurodeputado.

Internacional