PUBLICIDADE
Topo

Indonésia apresentará relatório sobre acidente da Lion Air na próxima semana

22/11/2018 09h12

Jacarta, 22 nov (EFE).- A Indonésia publicará na próxima quarta-feira o relatório preliminar sobre as causas do acidente da companhia aérea nacional Lion Air, que caiu no dia 29 de outubro no Mar de Java com 189 ocupantes.

O chefe de Relações Públicas do Comitê Nacional de Segurança no Transporte (KNKT), Anggo Anurogo, disse à Agência Efe que o documento será apresentado no dia 28 de novembro.

As últimas investigações do KNKT revelaram que vários indicadores de voo mostraram informações erradas nos quatro últimos trajetos dos Boeing 737 Max 8 acidentado, segundo uma das caixas-pretas do avião.

Por sua vez, a Boeing advertiu às companhias aéreas que um novo sistema automático que evita que o aparelho despenque pode provocar uma queda excessiva de "nariz" quando a informação sobre o ângulo de ataque é errada e a pilotagem é manual.

A Administração Federal de Aviação dos EUA qualificou esta condição dos recentes modelos 737 Max de "insegura" em um documento de 7 de novembro.

O acidente também pôs em dúvida, além do modelo de aeronave, os protocolos de segurança da companhia aérea de baixo custo Lion Air, que tem um histórico de acidentes menores, e o papel dos pilotos nos últimos segundos do voo.

O avião que fazia o voo JT610 caiu em águas do Mar de Java a grande velocidade aos 13 minutos após decolar do aeroporto de Jacarta, depois que o piloto solicitou retornar à capital.

As autoridades indonésias ainda buscam no mar a outra caixa-preta que contém a gravação das conversas dos pilotos na cabine.