Topo

Paraguai expulsa mais três membros do PCC

Avener Prado/Folhapress
Imagem: Avener Prado/Folhapress

Assunção, 17 dez

17/12/2018 23h29

Paraguai expulsou hoje 3 membros do grupo criminoso brasileiro Primeiro Comando da Capital (PCC) por ordem do Governo, um dia depois de dois homens desse grupo escapar de uma delegacia de Polícia em Assunção, ao que seguiu a detenção de 18 policiais por suposto envolvimento na fuga.

As autoridades de emigração entregaram ao Brasil Adrian Alex de Lima, Rafael dos Santos e Sidimar Cordeiro da Silva, todos com ordens de captura no Brasil, segundo informou o Ministério do Interior paraguaio.

Dois dos expulsos estavam detidos na penitenciária de Cidade do Leste, segunda maior cidade do Paraguai, e o outro em uma prisão de Concepción, no norte do país.

A expulsão aconteceu depois da fuga no domingo de Thiago Ximenes e Reinaldo Araújo, também do PCC, que dividiam a mesma cela no Grupamento Especializado, central da Polícia Nacional onde ficam reclusos presos de periculosidade.

Após a fuga foram detidos 18 policiais que estavam de guarda e demitidas as autoridades da central.

O presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, disse hoje que "houve cumplicidade" na fuga e que isso demonstra que as organizações criminosas estão infiltradas nas instituições do país.
 

Mais Notícias