PUBLICIDADE
Topo

Morre príncipe reformista Talal, irmão do rei da Arábia Saudita

22/12/2018 17h26

Riad, 22 dez (EFE).- A corte real da Arábia Saudita anunciou neste sábado a morte do príncipe Talal bin Abdulaziz Al Saud, irmão do atual monarca, Salman, e um dos filhos do fundador do país, Abdulaziz bin Saud.

Nascido em 1931 e conhecido como "o príncipe vermelho", era considerado um reformista e teve problemas dentro da Casa Real por suas posturas abertas. Nos anos 50 e 60, fundou o primeiro colégio feminino na capital saudita, Riad, e ocupou vários ministérios durante o reinado do seu irmão Saud bin Abdulaziz.

Em 1958, fundou o Movimento dos Príncipes Livres com alguns de seus irmãos, o que lhe custou a exclusão da linha sucessória e o exílio no Egito, até conseguir retornar à Arábia Saudita. Durante a gestão de Abdullah, que governou antes de Salman, ele expressou abertamente críticas ao sistema de governo e pediu mais liberdades e a participação dos cidadãos nas decisões.

Casou-se com quatro mulheres, entre elas a princesa Mona El-Solh, e teve mais de dez filhos e filhas, entre eles empresário Alwaleed bin Talal.

A família do príncipe informou, através das redes sociais, que receberá as condolências de amanhã até a próxima terça-feira. Amanhã, será realizada uma cerimônia de homenagem em uma mesquita de Riad. EFE