PUBLICIDADE
Topo

Brasil acusa regime de Maduro de cometer atos violentos na fronteira

24/02/2019 06h49

Brasília, 24 fev (EFE).- O Governo do Brasil expressou na madrugada deste domingo sua "condenação mais veemente" contra os "atos de violência cometidos pelo regime ilegítimo do ditador Nicolás Maduro" nas fronteiras da Venezuela com Brasil e Colômbia.

"O uso da força contra o povo venezuelano, que anseia poder receber a ajuda humanitária internacional, caracteriza de forma definitiva, o caráter criminoso do regime Maduro", afirmou o Ministério de Relações Exteriores em comunicado.

Trata-se da primeira reação oficial do Governo de Jair Bolsonaro aos graves incidentes que ocorreram no sábado nas fronteiras da Venezuela com Brasil e Colômbia, dentro da operação coordenada por vários países para levar alimentos e remédios para os venezuelanos. EFE