PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Trump diz que Kim lamentou morte de estudante dos EUA na Coreia do Norte

28/02/2019 07h30

Hanói, 28 fev (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quinta-feira que falou com o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, sobre a morte do estudante americano Otto Warmbier na Coreia do Norte em 2017 e que ele lhe declarou que lamentou o acontecimento.

"Falei com ele (sobre isso) e acredito que para ele não favorecia em nada que isso tivesse acontecido" disse Trump em entrevista coletiva após o término da sua reunião com Kim em Hanói, no Vietnã.

"Disse-me que não ficou sabendo (quando Warmbier morreu) e eu acredito nele", acrescentou Trump, assegurando que Kim "se sentiu mal por isso e que conhecia muito bem o caso, mas que ficou sabendo depois (da morte)".

O presidente dos EUA considerou que, se tivesse sabido, o líder norte-coreano "não teria permitido que acontecesse, porque não lhe beneficiava em nada".

Warmbier, de 22 anos, morreu em junho de 2017 após passar um ano e meio preso na Coreia do Norte e ser devolvido aos EUA em coma pouco antes de sua morte.

A Coreia do Norte prendeu o então estudante universitário acusando-o de roubar um cartaz de propaganda no hotel em que estava hospedado em Pyongyang, aonde tinha ido em uma viagem de turismo. EFE

Internacional