PUBLICIDADE
Topo

Deslizamento em mina de jade deixa ao menos 54 mortos em Mianmar

23/04/2019 11h26

Yangun (Mianmar), 23 abr (EFE).- Pelo menos 54 pessoas morreram em um deslizamento de terra em uma mina de jade no estado de Kachin, no norte de Mianmar, informou nesta terça-feira o Ministério de Informação do país.

O desmoronamento ocorreu por volta das 23h locais (15h30 em Brasília) de segunda-feira em uma mina explorada por três empresas em Hpakant, uma municipalidade remota - situada cerca de 798 quilômetros ao norte da capital - e famosa por suas minas de jade.

Entre os mortos há 28 funcionários da empresa Mianmar Thura Gems e outros 26 da companhia Shwe Nagar Koe Kaung, enquanto cerca de 40 máquinas também ficaram soterradas no deslizamento, detalhou o ministério em comunicado na sua página no Facebook.

As autoridades informaram que o serviço de emergência continua com os trabalhos de resgate.

Os acidentes nas minas de jade são frequentes em Mianmar. Em julho do ano passado, 15 pessoas morreram e outras 40 ficaram feridas por causa de outro deslizamento de terra.

A ONG Global Witness denunciou em 2015 a precária situação na qual trabalham os mineradores de jade em jazidas que são exploradas por guerrilhas, senhores da guerra, traficantes de drogas e militares, entre outros grupos.

Mianmar é o maior produtor mundial de jadeíta, uma variedade de jade bastante valorizada que é extraída principalmente nas montanhas de Kachin. EFE