Topo

Trump afirma que EUA derrubaram drone iraniano no estreito de Ormuz

18/07/2019 17h23

Washington, 18 jul (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta quinta-feira que a Marinha americana derrubou uma aeronave não tripulada do Irã que voava perto de um dos seus navios que passava sobre as águas do estreito de Ormuz.

"O drone foi destruído imediatamente", declarou Trump durante um evento na Casa Branca no qual estava presente o primeiro-ministro da Holanda, Mark Rutte.

O presidente dos EUA explicou que o navio de assalto anfíbio americano USS Boxer abateu o drone iraniano quando o aparelho estava a quase um quilômetro de distância.

"Esta é a última das muitas ações provocativas e hostis por parte do Irã contra navios que navegam águas internacionais", denunciou Trump.

Nesse sentido, ressaltou que os Estados Unidos "se reservam o direito" de atuar em defesa de "seu pessoal, instalações e interesses" na região e convocou "todas as nações" a colaborar para garantir a liberdade de navegação no golfo Pérsico.

Por sua vez, o Pentágono emitiu um comunicado no qual explicou que o incidente aconteceu em águas internacionais, quando a embarcação da Marinha estava navegando por uma rota planejada de antemão.

"Uma aeronave não tripulada de asas fixas se aproximou do Boxer a uma distância que representava uma ameaça. O navio tomou uma medida defensiva contra o aparelho para garantir sua segurança e a da sua tripulação", detalhou o Departamento de Defesa dos EUA no seu comunicado.

No último dia 19 de junho, o Irã informou da destruição de um drone americano, também no estreito de Ormuz, alegando que tinha violado seu espaço aéreo, o que foi negado por Washington.

Como resposta a esse incidente, Trump chegou a aprovar um ataque seletivo contra o Irã, mas finalmente suspendeu a ordem pouco antes que o Pentágono a executasse por considerar que não teria sido uma resposta proporcional à derrubada do drone. EFE

Mais Internacional