PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Covid-19: uso de máscaras será obrigatório na Alemanha a partir de segunda-feira

Profissionais de saúde durante epidemia de coronavírus na Alemanha -
Profissionais de saúde durante epidemia de coronavírus na Alemanha

Da EFE, em Berlim

22/04/2020 15h13

O uso de proteção facial em espaços públicos será obrigatório na Alemanha a partir da próxima segunda-feira (26), ampliando a medida que valia apenas no estado federado de Bremen, no norte do país, como forma de conter a propagação da covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus.

O governo da chanceler, Angela Merkel, e os líderes das administrações regionais, já na semana passada falaram em "recomendação expressa" ao uso do aparato de proteção no transporte público e dentro de estabelecimentos comerciais.

Na Alemanha, no entanto, há autonomia de cada estado federado para a implementação de medidas, como aconteceu com outras relacionados ao combate da covid-19.

A Baviera e a Saxônia já determinaram a obrigatoriedade do uso da máscara no início desta semana. Enquanto a cidade-estado de Berlim, assim como Bremen, o primeiro a anunciar a medida, irão fiscalizar a partir da próxima segunda-feira.

Até o momento, a Alemanha não impôs um confinamento à população, apenas determinando normas de distanciamento social e suspensão parcial da vida pública.

Os exercícios ao ar livre foram autorizados, mas de forma individual, com algumas exceções. Foram proibidos, por exemplo, eventos com aglomeração e saídas em mais de duas pessoas, fora nos casos de núcleos familiares maiores que esse.

No início desta semana, foi iniciado um processo de relaxamento das restrições, com abertura de pequenos estabelecimentos comerciais.

Por enquanto, as medidas vigoram até o dia 3 de maio, de acordo com pacto firmado pelo governo de Merkel e os estados federados. A partir do dia 4, escolas e universidades poderão voltar a funcionar, por exemplo.

Segundo a Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, que tem dados mais atualizados do que os levantados pelos órgãos locais, a Alemanha registra 148.074 casos de infecção pelo novo coronavírus, e 4.901 mortes.

Coronavírus