PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Alemanha registra maior número de casos de infecção em mais de 3 meses

9.mar.2020 - Assistente de saúde Um assistente médico vestindo roupas de proteção conversa com um motorista de carro na fila do novo "drive-In" para testes do novo coronavírus em Nuertingen, sul da Alemanha - Thomas Kienzle/AFP
9.mar.2020 - Assistente de saúde Um assistente médico vestindo roupas de proteção conversa com um motorista de carro na fila do novo "drive-In" para testes do novo coronavírus em Nuertingen, sul da Alemanha Imagem: Thomas Kienzle/AFP

13/08/2020 13h40

A Alemanha registrou mais 1.445 casos de infecção pelo novo coronavírus, o número mais alto em mais de três meses, segundo boletim apresentado nesta quinta-feira pelo Instituto Robert Koch (RKI), a agência epidemiológica do país.

Desde 1º de maio, o órgão federal divulgou que tinham sido detectados 1.639 resultados positivos em testes de diagnóstico, o maior número até então.

Com os números apresentados hoje, o total de casos de infecção pelo patógeno que provoca a covid-19 é de 219.964.

Hoje, além disso, foram contabilizadas quatro mortes em decorrência da doença, o que faz a quantidade de falecimentos desde o início da pandemia em território alemão subir para 9.211.

Ainda segundo o RKI, o número de casos ativos no país é de aproximadamente 11,3 mil.

O número de infecções verificadas vem crescendo na Alemanha desde a penúltima semana de julho, segundo indica o boletim divulgado instituto, o que representa, de acordo com o texto, um panorama "muito preocupante".

De acordo com os representantes do RKI, é preciso "evitar o agravamento" da situação, com o respeito de normas de higiene e distanciamento, o que inclui o uso correto da máscara.

A situação mais crítica de contágio, atualmente, é registrada nos estados da Renânia do Norte-Westfália, Hamburgo, Berlim e Hasse, em que a alta é acima da média do país.

O fator de reprodução dos últimos quatro dias, que vem apresentando oscilações constantes, sofreu queda hoje de 0,97 para 0,88, segundo o RKI. O índice R indica a evolução dos contágios de aproximadamente uma semana e meia atrás.

Coronavírus