PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
1 mês

Incidência de covid-19 na Espanha baixa de 200 pela 1ª vez desde fevereiro

Primeiro dia do uso obrigatório de máscaras em Madri, na Espanha, casou com a chegada de uma onda de calor de até 40 ºC na Europa - Jon Imanol Reino/NurPhoto via Getty Images
Primeiro dia do uso obrigatório de máscaras em Madri, na Espanha, casou com a chegada de uma onda de calor de até 40 ºC na Europa Imagem: Jon Imanol Reino/NurPhoto via Getty Images

07/05/2021 20h16Atualizada em 07/05/2021 21h13

A incidência acumulada de covid-19 na Espanha caiu nesta sexta-feira para 198,6 pontos e é inferior a 200 casos por 100.000 habitantes em 14 dias pela primeira vez desde o último dia 26 de fevereiro, informou o Ministério da Saúde espanhol, que também relatou uma ligeira diminuição na ocupação das UTIs.

Segundo a pasta de Saúde, nas últimas 24 horas foram registradas 8.186 novas infecções de covid-19 e 66 mortes, elevando o número total de infecções desde o início da pandemia para 3.567.408 e o de mortes para 78.792.

Houve também uma ligeira diminuição na ocupação das UTIs, cuja média nacional se situa em 21,8% (três décimos menos do que ontem).

No entanto, cinco comunidades autônomas permanecem sob extrema pressão, ou seja com mais de 25% de ocupação de pacientes com covid-19: Aragón (32%), Catalunha (33%), Madri (42%), País Basco (36%) e La Rioja (33%).

Além disso, com pouco mais de 24 horas para expirar o estado de alarme e terminar as restrições à mobilidade, há também cinco regiões em risco extremo de transmissão (mais de 250 casos): Aragón (293), Catalunha (251), Madri (317), Navarra (296) e País Basco (447).

Para estas regiões, as autoridades sanitárias recomendam a prudência na desescalada das medidas de restrição.

No que diz respeito à vacinação, a campanha continua em bom ritmo em todo o país, uma vez que 19 milhões de doses já foram administradas e 5,9 milhões de pessoas já foram totalmente imunizadas, em uma população de 47,3 milhões de habitantes.

Coronavírus