PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
2 meses

Covid: França suspende chegada de voos de 6 países da África por variante

Denominada de B.1.1.529, a variante já causou preocupação nos mercados da França, com a Bolsa de Paris caindo 4% na abertura nesta sexta-feira - iStock
Denominada de B.1.1.529, a variante já causou preocupação nos mercados da França, com a Bolsa de Paris caindo 4% na abertura nesta sexta-feira Imagem: iStock

26/11/2021 14h23

A França suspendeu nesta sexta-feira, de maneira imediata, os voos procedentes de Lesoto, Botsuana, Zimbábue, Moçambique, Namíbia e Suazilândia, por pelo menos 48 horas, após a descoberta de uma variante do novo coronavírus na África do Sul.

"Estas medidas buscam proteção diante da chegada deste vírus", afirmou o ministro da Saúde francês, Olivier Véran, em entrevista coletiva.

O integrante do governo liderado por Emmanuel Macron destacou que a variante que teve a detecção confirmada ontem, de acordo com especialistas, se propaga com rapidez, apesar de ainda terem sido notificados poucos casos.

Denominada de B.1.1.529, a variante já causou preocupação nos mercados da França, com a Bolsa de Paris caindo 4% na abertura nesta sexta-feira.

As autoridades do país indicaram também estarem em alerta quanto a nova variante, por isso, adotaram medidas semelhantes as de Reino Unido, Itália, Alemanha, entre outros países, restringindo voos de países africanos.

"Estamos em um princípio de precaução absoluta e justificada. Aos cidadãos franceses que voltaram do sul da África nas últimas duas semanas, pedimos que entrem em contato com as autoridades de Saúde, para que sejam testados", afirmou Véran.

Mais cedo, a Organização Mundial da Saúde (OMS) indicou que, ainda nesta sexta-feira, determinará se a B.1.1.529 deve ser classificada como de risco, embora aponte que levarão semanas para que seja conhecido o verdadeiro impacto dela.

Coronavírus